Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

terça-feira, 31 de março de 2009

Coração Dividido



Um coração dividido
é um lento morrer
ama a quem muito lhe ama
ama a quem nunca lhe vê

Um coração dividido
é um eterno sofrer
sofre por quem está perto
sofre por quem longe viver

Um coração dividido
pulsa e vive a sofrer
ama o amor impossível
ama o seu bem querer

Jhacy

O ESPELHO


No espelho a minha imagem
Revela-me a dor e a saudade
Quisera olhar-me
e contemplar
apenas amor, apenas vontade

No espelho a dor
decai-me a face
transforma meu olhar
num triste embaço

Lágrimas rolando
No espelho, me vejo
uma linda imagem
de dor, de saudade...

Jhacy

sexta-feira, 27 de março de 2009

Amor I Love You



Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Hoje contei pras paredes
Coisas do meu coração
Passei no tempo
Caminhei nas horas
Mais do que passo a paixão

É um espelho sem razão
Quer amor fique aqui
Meu peito agora dispara
Vivo em constante alegria

É o amor quem está aqui
Amor I Love You ( Marisa Monte)




"... tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente!
Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades,
e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas,
como um corpo ressequido que se estira num banho tépido;
sentia um acréscimo de estima por si mesma,
e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante,
onde cada hora tinha o seu encanto diferente,
cada passo conduzia a um êxtase,
e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações!"

texto de Eça de Queiroz - Primo Basílio)

quinta-feira, 26 de março de 2009

Um sonho de Amor


UM SONHO DE AMOR

Ao fechar os meus olhos
Me perdi em pensamentos
Viajei pelo infinito
E foi assim que te encontrei
Emocionei
E por alguns momentos
Percebi que teus olhos brilhavam
Contigo me encantei
E também me deslumbrei
Logo uma onda de calor
Pelo meu corpo passou
E por ti eu suspirei
Me prendi em teus encantos
E em teus braços eu me atirei
Ao abrir os meus olhos
Eu logo imaginei
Que contigo eu sonhei
E foi nesse sonho de amor
Que o meu coração te chamou
E que o meu sentimento
Em amor se transformou

"O amor pode nos levar ao inferno ou ao paraiso, mas sempre nos levara a algum lugar"

Paulo Coelho

segunda-feira, 23 de março de 2009


Falar de amor é falar de você, de instantes que
ninguém compreenderia...
é sorrir, brincar, brigar e, logo depois, estar junto...

Falar de amor é lembrar de você... fala-se de amor
com o toque, a magia do olhar, as lágrimas de saudade
deslizando sobre o sorriso ao lembrar do riso seu...

Falar de amor é pensar em coisas simples...
é querer dividir, somando e ao somar, dividir...
é rir por qualquer coisa, partilhando o mesmo
sanduíche e a mesma coca-cola...

Falar de amor é querer sentir o seu beijo...
é sentir você e jamais saber quem é quem...
se você sou eu ou se eu sou você...

Falar de amor é compreender
que nem tudo é possível ou perfeito...
mas que podemos e devemos sonhar com o impossível
e sabermos que para o amor não existe essa história
de perfeição e imperfeição...

Falar de amor é falar de ser feliz...
é lutar por um ideal sabendo que, no começo,
meio e fim, há você...

Falar de amor é não falar...
é sentir cada momento como um ritual...

Falar de amor é esperar...
sem querer saber se as horas passam
devagar ou depressa...
é simplesmente esperar por quem
sabemos que nos espera...

Falar de amor é entregar... uma entrega total, livre,
sem medo de se perder no ser a quem se ama...
pois é nele que nos encontramos, a viver...

Falar de amor é conjugar o nós...
não existindo o eu ou o você.


(desconheço autoria).
Texto extraído do blog "Pelos Caminhos da Vida"

sábado, 21 de março de 2009

É o amor...


Não é a insônia que me faz pensar em ti,
Nem a carência, tão comum em nossos dias,
Não é a solidão que me faz te querer aqui,
Tampouco as trevas, numa noite sem dormir.

Não é o frio que me faz sentir tua falta,
Nem o calor que me lembra o teu corpo,
Não é o silêncio que às vezes nos afasta,
Nem a insana paixão que mata aos poucos.

Não é mero desejo que me faz te querer tanto,
Nem a imensa saudade que o meu peito invade,
Não é tristeza que provoca tanto pranto,
É a lembrança sofrida da distante felicidade.

Não é à toa que te amo de forma descomunal,
Nem sem razão que te busco em cada estrela,
Não é capricho! É o amor mais natural!
É a própria vida e meu jeito de mantê-la.

Ivone Carvalho

Onde você estiver


Onde você estiver, não se esqueça de mim
Com quem você estiver não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Mesmo que exista outro amor que te faça feliz
Se resta, em sua lembrança, um pouco do muito que eu te quis
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Eu quero apenas estar no seu pensamento
Por um momento pensar que você pensa em mim
Onde você estiver, não se esqueça de mim
Quando você se lembrar não se esqueça que eu
Que eu não consigo apagar você da minha vida
Onde você estiver não se esqueça de mim

quarta-feira, 18 de março de 2009

Obsessão


Por que, de manhã, assim que acordo,
é de você que eu me recordo?
Por que, olhando o dia que amanheceu,
fico só lembrando como tudo aconteceu?

Por que, no som do telefone tocando,
quero que seja você me chamando?
Por que, toda música que fico ouvindo,
é você que acabo sentindo?

Por que, na campainha insistente,
desejo que seja você, de presente?
Por que, ao sair na rua,
procuro nos rostos, sempre a fisionomia sua?

Por que, no carro que de repente buzina,
fico achando que é você na esquina?
Por que, vendo um filme, um beijo na TV,
desejo ansiosamente que seja com você?

Por que, na tarde que cai, com o sol no horizonte,
ajo como se fosse o desfecho dourado,
de mais um dia feliz como o de ontem?

Por que, será que eu sinto de montão,
essa gostosa obsessão?
Será que tudo isso é porque
eu amo demais você?!

Silvia Munhoz

terça-feira, 17 de março de 2009

HOJE ME DEI CONTA....


Ħσjε мε đεi cσŋτα đε qυε αs ρεssσαs
 vivεм α εsρεrαr ρσr αlgσ
 Є qυαŋđσ sυrgε υмα σρσrτυηiđαđε
 Sε đizεм cσŋfυsαs ε đεsρrεραrαđαs,
 Sεŋτεм qυε ŋãσ мεrεcεм,
 Qυε σ τεмρσ cεrτσ αiŋđα ŋãσ cђεgσυ,

 Є α viđα ραssα ε σs мσмεŋτσs sε αcυмυlαм
 Cσмσ ραρέis sσbrε υмα мεsα.
 Єsταмσs ŋσs ρrεραrαŋđσ ραrα qυαlqυεr cσisα
 Μαs αiηđα ŋãσ αρrεŋđεмσs α vivεr,
 Д αrriscαr ρσr αqυilσ qυε qυεrεмσs,
 Д sεŋτir αqυilσ qυε sσŋħαмσs.

 Є αssiм αđiαмσs ŋσssσs điαs
 Є ŋσssαs viđαs ρσr τεмρσ iŋđετεrмiŋαđσ
 Дτέ qυε α viđα sε εŋcαrrεgυε đε đεciđir
 ρσr ŋós мεsмσs,
 Є ρεrcεbεмσs σ qυαŋτσ ρεrđεмσs
 Є σ ταŋτσ qυε ρσđεríαмσs τεr εviταđσ.

         ( Ŧεrŋαŋđσ Pεssσα )

segunda-feira, 16 de março de 2009

EU SEM VOCÊ


Eu sem você,
não sei nem porquê,
porque sem você,
não sei nem chorar,
sou chama sem luz,
jardim sem luar,
luar sem amor,
amor sem se dar.
E eu sem você,
sou só desamor,
sou barco sem mar,
sou campo sem flor,
tristeza que vai,
tristeza que vem,
sem você, meu amor,
eu não sou ninguém.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Nada sabemos...


Nada sabemos da alma
Senão da nossa;
As dos outros são olhares
São gestos, são palavras,
Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo."

(Fernando Pessoa)

O que sinto


No teu meigo olhar profundo brilho dos céus
Moram estrelas luzentes raiando ternura…
Dourados como um sol que trespassam os véus
Das nuvens acumuladas em pura doçura

Teu olhar chove gotas de paixão no meu solo
Apagando fogachos de desejos, ardentes de ti…
Parecem ser choros de crianças que a meu colo
Te acolheria suavemente, como flor de jardim

Olho-te com olhos de seta apontados ao teu caminho
Esperando livre e certo de palavras por dizer…
Palavras que entram em metamorfose pelo carinho
De que um dia o teu magico olhar quererá ver

O brilho do teu sorriso ilumina a minha rota
Margeada de lábios secos, sede dos teus…
Sem bússola sobrevoarei os mares como uma gaivota
E encobrirei os teus lábios com a sombra dos meus

O teu Sorriso é fonte trasbordante de esplendor,
Princesa que exalta encantos, alma graciosa…
Coração do tamanho de um mundo puro de amor
Pulsa raiando luz doce de uma beleza harmoniosa

O teu olhar, sorriso e o teu ser, inebriam o meu coração,
Espelho cristalino reflectindo encantos no meu intimo…
Por amar-te tanto, perco-me na verdadeira razão
E desisto de encontrar palavras que exprimam… o que sinto!

Autor:Manzas

segunda-feira, 2 de março de 2009

Homenagem ao Dia da Mulher


OFEREÇO ESTA MENSAGEM A TODAS AS MULHERES QUE POR AQUI PASSAREM, NÃO HÁ MÃOS TÃO BENDITAS QUANTO AS NOSSAS!!!

Benditas sejam as mãos ...

Benditas sejam as mãos Que tecem os fios da vida...

Mãos que oram e pedem;

Mãos que oferecem guarida;

Mãos que aproximam E mãos que agradecem;

Mãos que a dor aliviam E mãos que curam feridas;

Mãos que aplaudem E mãos que acariciam;

Mãos que escrevem sábios dizeres E mãos que pintam poesia;

Mãos que tocam as cordas Sensíveis do coração;

Mãos que trabalham e suam,

Mãos que plantam o trigo,

Mãos que fazem o pão...

Benditas sejam, ó mãos, que regem A grande orquestra da Vida!


Alencar Medeiros

Recebi este selinho da amiga Sônia, rtepasso a todos os meus amigos para comemorarmos o Dia da Mulher.

domingo, 1 de março de 2009

AMOR ANTIGO


AMOR ANTIGO

A noite era nossa
De braços dados
Caminhos encantados
Amarrados um no outro
Nossos corações...

Tínhamos o amor
Colecionávamos ilusões
As alvoradas nos encontravam
Envoltos em emoções
Fogo queimando em braseiro
Corpos ardendo inteiros

Tempos depois
Tão frios e distantes
Dois vulcões apagados...
Mas um vento sudoeste
Põe em alvoroço as cinzas
Eis o amor extinto, renascido

Traz novo vigor, nova vida
E nossas almas tão sedentas
Se abrem docemente
Para sensações jamais vividas
Almas até então desfalecidas
Que se entrelaçam mais unidas

Amor antigo, jamais esquecido
Poderia estar apenas adormecido
Mas resplandesce ao sol
É o amor da juventude
Que o tempo tentou apagar
Mas não conseguiu...

Maria José Zanini Tauil

MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com