Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

sexta-feira, 13 de março de 2009

O que sinto


No teu meigo olhar profundo brilho dos céus
Moram estrelas luzentes raiando ternura…
Dourados como um sol que trespassam os véus
Das nuvens acumuladas em pura doçura

Teu olhar chove gotas de paixão no meu solo
Apagando fogachos de desejos, ardentes de ti…
Parecem ser choros de crianças que a meu colo
Te acolheria suavemente, como flor de jardim

Olho-te com olhos de seta apontados ao teu caminho
Esperando livre e certo de palavras por dizer…
Palavras que entram em metamorfose pelo carinho
De que um dia o teu magico olhar quererá ver

O brilho do teu sorriso ilumina a minha rota
Margeada de lábios secos, sede dos teus…
Sem bússola sobrevoarei os mares como uma gaivota
E encobrirei os teus lábios com a sombra dos meus

O teu Sorriso é fonte trasbordante de esplendor,
Princesa que exalta encantos, alma graciosa…
Coração do tamanho de um mundo puro de amor
Pulsa raiando luz doce de uma beleza harmoniosa

O teu olhar, sorriso e o teu ser, inebriam o meu coração,
Espelho cristalino reflectindo encantos no meu intimo…
Por amar-te tanto, perco-me na verdadeira razão
E desisto de encontrar palavras que exprimam… o que sinto!

Autor:Manzas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá amigos,
Sua visita e comentários me deixam imensamente feliz!!!
Obrigada!!!!


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com