Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

domingo, 9 de agosto de 2009

Quero


Quero contigo dividir segredos,
Abrir-te inteiro este meu coração.
Quero apoiar-te em tempos de aflição,
Quero contar-te todos os meus medos.
Quero abraçar-te doce e fortemente
Quando chorares de alegria ou de dor
Quero que sintas todo meu amor
Quero manter-me sempre presente.
Fala comigo quando precisares,
Entenderei a hora que calares
E esperarei a hora que falares.
No teu silêncio escutarei tua alma,
Eu quero ser presença que te acalma,
E tua presença quero
eternamente em minha vida.

Silvia Schmitd

2 comentários:

  1. Que lindo poema este!!!

    Um amor completo, verdadeiro, imenso...

    Bjs e bfs

    ResponderExcluir
  2. Lindo post!
    Me identifiquei muito com ele...
    Um momento que tbm quero um amor verdadeiro...
    Mágico... Feliz!

    Uma linda semana!
    Bjos mil...

    ResponderExcluir

Olá amigos,
Sua visita e comentários me deixam imensamente feliz!!!
Obrigada!!!!


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com