Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Desvios

A poesia se perdeu
Em tudo que agente viveu
Os meus beijos não eram seus
E os seus também não eram meus

Foi tudo uma grande mentira
O desejo às vezes nos fascina
Mas nem tudo que causa sensação
Consegue alcançar o coração

Mas foi bom enquanto durou
Nossa brincadeira de amor
Agora cada um segue enfrente
Em busca do que não havia na gente...
 
Saulo Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá amigos,
Sua visita e comentários me deixam imensamente feliz!!!
Obrigada!!!!


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com