Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

segunda-feira, 8 de junho de 2009

É preciso não esquecer nada



É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.


É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.


O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.


O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.


O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos
severos conosco, pois o resto não nos pertence.

(Cecília Meireles)

4 comentários:

  1. Sempre lindo tudo da Cecília meireles!!!

    Uma escolha deliciosa!!!

    Beijos carinhosos!!!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Jhacy!

    O que é preciso é não esquecer, diariamente, de apreciar tudo aquilo que nos faz a felicidade!

    Cecilia Meireles, escreve com alguma delicia!

    Beijinho,

    Renato

    ResponderExcluir
  3. Não se pode esquecer de viver cada segundo intensamente...

    Amo a escrita da cecilia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Cecília Meireles é tudo de bom, linda!

    Viver cada instante...muito lindo!

    beijocas,

    Neli

    ResponderExcluir

Olá amigos,
Sua visita e comentários me deixam imensamente feliz!!!
Obrigada!!!!


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com