Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma... (Clarice Lispector)

"São pelos pequenos momentos ...Que a gente quase morre ...Que intensamente vive ...Que longamente espera..."

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Se amar fosse


Se amar fosse apenas escolher por vontade própria,

Seria bem mais fácil o amor,

Escolheríamos apenas desenhos naturais,

Amaríamos o primeiro raio de sol,

Dele faríamos alimento do coração,

Amaríamos formas deixadas anos pela natureza,

Rochedos que arrebentam ondas do mar,

Faríamos dessa visão paz, nos momentos de solidão,

Teríamos também como amor,

Nuvens de algodão, que encobrem o céu,

Sejam elas nos meses que nos fazem felizes,

Ou em outros meses apenas de lembranças,

Amaríamos o mar, o sol, a lua e o ar,

Não destruiríamos nosso planeta,

Não nos embriagaríamos em egoísmo e fanatismos banais,

Amaríamos aquela estrela da manhã,

Pois bem certo ela velou todo o nosso sono,

E ainda nos espera feliz acordar,

Mas o amor não é só isso,

O amor é o reflexo da lua nos teus olhos,

O calor do sol na tua pele,

O brilho daquela estrela no teu sorriso,

Ondas do mar que quebram na praia,

Escrevendo ao acaso teu nome na areia,

O ar que refresca teu espírito,

E leva bem longe teu perfume tropical,

Avisando a todo mundo,

Que o amor chegou sem avisar,

De forma displicente,

Trazendo a mais bela forma da mãe natureza,

Você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá amigos,
Sua visita e comentários me deixam imensamente feliz!!!
Obrigada!!!!


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com